Tudo que você precisar saber sobre as "washi tapes"

Washi tapes

Washi Tape, carinhosamente chamada de “washi”, é uma fita decorativa feita de papel, quando a washi surgiu ela era toda feita por um processo manual, pelas mãos através de um método tradicional chinês que foi introduzido no Japão por um sacerdote budista coreano, por volta do ano 610, faz tempo né?! O termo “washi tape” é composto por uma palavra japonesa e uma palavra inglesa, Washi significa harmonia, paz, estilo japonês e Tape significa fita, ao contrário que muita gente pensa e informações que podemos encontrar na internet, não só de arroz era feito o papel da washi, mas também pode ser de bambu, cânhamo, trigo entre outros.

Mas e como chegou até aqui? Pois quem produz hoje as washis são fábricas e não de forma artesanalmente, pode até que exista, mas as que já estamos acostumados a receber na box ou comprar nas lojas são industrializadas, então bora partir para conhecer a próxima fase dessas belezinhas?

A empresa japonesa Kamoi, fundada em 1923, é a primeira a levar esse tipo de produto/técnica para a fabricação na indústria, segundo o que está em seu site possuíam uma grande variedade de fitas, incluindo "fita adesiva artesanal" usando papel artesanal como material de base, um produto de longa data a "fita de vedação Kamoi", "fita resistente ao calor para pintura" usando papel crepom como um material básico e a "Kabuki", uma fita adesiva para automóveis, portanto eram fitas que eles produziam para empresas de construção, bricolagem e funilarias.

Em 2006, a Kamoi foi contatada por um grupo de clientes que usavam as suas fitas, mas as personalizavam e decoravam por cima, como se desenhássemos em cima de uma fita crepe para decorá-las, era mais ou menos assim, com isso a empresa analisou a viabilidade de um produto em potencial e após vários estudos, criações e etc... ela viu que sim, tinha a possibilidade de dar muito certo, sendo assim a Kamoi criou em 2008 uma nova empresa, a "Masking Tape Kamoi Kakoshi Co. Ltd.", mais conhecida como MT, chamando assim as washi tapes de masking tapes, que inclusive é o nome da marca que é famosíssima, pioneira e referência na produção e comercialização de washi tape. Hoje existem várias outras fábricas, marcas e etc que produzem mundo afora, fazendo assim que cresça os tipos de washi, texturas, designs e acessórios para essas fitinhas que literalmente ganharam e ganham cada vez mais o mundo.

As possibilidades dessas fitas adesivas são infinitas, tendo como principal uso na decoração, por ser de papel, se assemelha e remete muito o seu uso na papelaria, em cadernos, planners, agendas e nos famosos bujos (bullet journal) que as utilizam bastante, essas fitas despertam o interesse também por ter a característica de ser removível, que possui uma cola que “descola” e não deixa resíduos e ainda possui cola o suficiente para reposicionar mais umas 3, 4 vezes, depende também da qualidade da cola e do produto, assim se não ficou bacana o layout, descola e reposiciona novamente.

Outra característica bem legal da washi tape é que você não precisa de uma tesoura para cortar, inclusive quando corta “rasgando” ela com a mão, dependendo de onde for usar, fica um charme, mas você pode sim usar uma tesoura para fazer um corte retinho e aplicar na sua decoração, seja no papel, num objeto ou até na parede.

Já falamos acima que o uso da washi se relaciona bastante com o papel pelo fato dela também ser de papel e estar inserida no mundo da papelaria, mas não só no papel que você pode usar ela não, você pode usar para decorar embalagens, presente, lápis, copo, cartão, potes, latas, garrafas, prendedor de madeira, canudo, vaso, espelho, quadro, vidro, mesa, parede, teto, móvel, decoração de festa... ufa! E mais um monte de coisa, é uma infinidade de possibilidades, é sua CRIATIVIDADE que manda e como dissemos, sua característica de ser reposicionável torna mais fácil a personalização do que você quer transformar, se não ficou bom, muda, muda e muda até ficar do seu agrado.

Há algum tempo as washi tapes estão tomando cada vez mais espaço no universo papeleiro e cada vez mais fácil de ser encontrada em terras brasileiras, há uns 3 ou 4 anos atrás só era possível ter uma de lojas que importavam e traziam de fora ou comprando fora mesmo, seja dos EUA, da Europa ou da Ásia, hoje já temos marcas brasileiras que possuem em seu leque de produtos essas "fitinhas" que já ganharam vários países por aí e vem ganhando o Brasil a cada dia que passa.

O processo de produção da washi tape, de como ela é feita na indústria, ainda é uma pequena incógnita, a gente não encontra vídeos de fácil entendimento de por exemplo como é uma fábrica de washi tape, como é cada etapa do processo de produção, de impressão das fitas, os insumos e etc... até se encontra alguns vídeos, mas não são tão informativos como por exemplo é produzida uma caneta, tem vários vídeos no youtube, inclusive clicando aqui você pode conferir um deles sobre como é feita a caneta esferográfica da BIC.

Hoje você pode encontrar washi tapes lisas, coloridas, estampadas com infinitos tipos de desenhos/ilustrações, finas, grossas, largas, revestida de glitter, tecido, renda, enfim, tem vários tipos e de tempos em tempos surgem sempre novidades e modelos novos.

Agora vamos postar algumas fotinhas diretamente do Pinterest (nos siga por lá também) de inspiração de como você pode utilizar as washi tapes e também exemplos de modelos, seguem abaixo:

Washi tapes

Esse foi o post de hoje, curtiu? Muitas pessoas pediam pra gente falar mais sobre as washi tapes, e ao invés de fazer um post no instagram, preferimos fazer um post aqui no blog para que o assunto possa ficar mais completo, por isso demorou um pouco mais do que prevíamos soltar esse conteúdo, pois queríamos deixar cheio de informações legais, mas não maçantes, também curiosidades sobre a washi, que além de ter um uso muito legal, tem uma história bem interessante e não poderíamos deixar passar batido todo processo dela até os dias de hoje, não é mesmo?

Um grande beijo e um abraço aconchegante, até o próximo post.

Equipe Paper Heart Box 🧡